Casa Pankara

Em Itacuruba, há uma comunidade indígena Pankara com 420 famílias. Jackson é da etnia Atikum e está agregado na aldeia Pankara, que se divide em dois grupos. “O grupo que eu moro tem 350 famílias, é um cacique pra cada grupo”, explica.

Por já ter passado fome, Jackson criou o projeto “Fazer o bem sem olhar a quem” há mais de dois anos para arrecadar doações de alimentos e distribuir na sua comunidade e nas vizinhas. “Lancei uma campanha para conseguir doações pra a aldeia Pankara e para a aldeia Tuxá, nossa vizinha. Se as doações vierem em quantidade maior, eu redistribuo para outras comunidades, como a quilombola Poço dos Cavalos ou a aldeia Tuxá Pajeú. Minha ideia é ajudar o máximo de comunidades possível. Eu não aguento ver ninguém passando fome”, ressalta ele.
 
As dificuldades sofridas pela aldeia Pankara são anteriores à pandemia e, com o novo cenário causado pelo corona vírus, a situação se agravou. “A equipe de saúde do Distrito Sanitário Especial Indígena ficou bem reduzida com a pandemia. Eles vem uma vez por semana agora pra atender apenas os idosos e as gestantes. Estamos fazendo o isolamento coletivo aqui na aldeia: só sai realmente quem precisa por conta de trabalho, mas felizmente até agora não tivemos nenhum caso de COVID-19”, relata Jackson.

Fazendo contato com o Gris Solidário, no Recife, Jackson conseguiu mais doações, mas a demanda não é finita. Para que os indígenas possam se manter isolados e não sejam forçados a procurar renda fora da aldeia é preciso que a solidariedade se torne uma constante. Apoie a luta indígena! Apoie Pankaras e Tuxá Pajeú!

Contato
Jackson Atikum – 81 98859-7708

DADOS BANCÁRIOS
Bradesc
Jackson Espedito da Silva
CPF: 103.729.184-09
Agência: 6039
Conta corrente: 10306-3

Seja parceiro solidário e doe às familias Pankarus e Tuxá Pajeú

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *